A tiróide necessita de selénio para funcionar correctamente

Sabia que o mineral selénio contribui para o funcionamento normal da glândula da tiróide? Quando a função tiroideia é normalizada, o papel do selénio é ajudar a mantê-la a funcionar de forma óptima.

De acordo com o Grupo de Estudos da Tiroide da Sociedade Portuguesa de Endrocrinologia, Diabetes e Metabolismo, as doenças da tiroide afectam 1 milhão de portugueses.

É extremamente importante para a saúde ter a glândula da tiróide a funcionar bem, pois é responsável por regular a taxa metabólica que determina o funcionamento do organismo, incluindo a capacidade de queimar calorias e de produzir e utilizar energia.

Simplificando, o metabolismo é o conjunto de todas as reacções químicas que ocorrem no interior do organismo, e esses processos são controlados por hormonas libertadas pela glândula da tiróide. Desta forma, quando o nosso metabolismo não funciona correctamente, não somos capazes de converter as calorias em energia de forma adequada.

Função da tiróide e selénio

A hormona T4 é uma hormona inactiva no organismo, que deve ser convertida na hormona tiroideia activa T3 para ser eficaz. Esta conversão é feita pela glândula da tiróide, que depende do mineral selénio para funcionar correctamente.

Infelizmente, os solos agrícolas em Portugal, e em grande parte da Europa, são pobres em selénio, o que significa que as colheitas carecem deste nutriente essencial. Por isso, torna-se difícil obter selénio suficiente a partir de fontes alimentares comuns. Com pouco selénio no organismo, existe o risco de não conseguir converter níveis suficientes da hormona T4 em T3.

 

Apoia as selenoproteínas essenciais

O selénio, que está presente em alimentos como fígado e rins, cereais e marisco, suporta uma variedade de enzimas dependentes de selénio chamadas selenoproteínas. Existem entre 25-30 selenoproteínas diferentes, algumas das quais são necessárias para ajudar a manter a função da tiróide normal.
Se tiver falta de selénio, as selenoproteínas podem não ser capazes de regular essa função e isso pode afectar o funcionamento da glândula da tiróide.

 

Biodisponibilidade documentada

A razão pela qual a formulação dinamarquesa de levedura enriquecida com selénio orgânico, padronizada e patenteada – SelenoPrecise – é seleccionada para vários ensaios clínicos, é porque a sua biodisponibilidade está devidamente documentada.
De acordo com estudos, 88.7 % do conteúdo de selénio é absorvido pelo corpo.
SelenoPrecise (presente nos suplementos BioActivo Selénio e BioActivo Selénio+Zinco) foi utilizado em vários estudos de grande escala, incluindo o estudo inovador sueco KiSel-10, publicado no International Journal of Cardiology.

Leas mas:

https://www.pharmanord.pt/produtos/details/bio-selenio
https://www.pharmanord.pt/produtos/details/bio-selenio-zinco